Lista de nomes
Pesquisa
  OK
Morto e desaparecido
Audiovisual
Bibliografia
Eventos
História
Legislação
Notícias
Afonso Henrique Martins Saldanha
Ficha Pessoal  
   
Dados Pessoais  
Nome: Afonso Henrique Martins Saldanha
Cidade:
(onde nasceu)
Olinda
Estado:
(onde nasceu)
PE
País:
(onde nasceu)
Brasil
Data:
(de nascimento)
22/9/1918
Atividade: Professor e funcionário público federal
   
Dados da Militância  
Organização:
(na qual militava)
Partido Comunista Brasileiro PCB
Brasil
Prisão: 0/0/1970
Rio de Janeiro RJ Brasil
Liberado após 42 dias.
Morto ou Desaparecido:
Morto
8/12/1974
Rio de Janeiro RJ Brasil
Clandestinidade
   
Dados da repressão  
Orgãos de repressão
(envolvido na morte ou desaparecimento)
Departamento de Operações Internas - Centro de Operações de Defesa Interna DOI-CODI Brasil
   
Biografia  
Biografia
Militante do PARTIDO COMUNISTA BRASILEIRO (PCB).
Nasceu no dia 22 de setembro de 1918, na cidade de Olinda, no Estado de Pernambuco. Seus pais eram João Baptista Martins Saldanha e Maria da Conceição de Barros Saldanha.
Casado com Idalina Saldanha, era pai de cinco filhos.
Professor de História, Geografia e Ciências. Exerceu o magistério em diversos estabelecimentos de ensino na cidade do Rio de Janeiro, citando-se o Colégio Rui Barbosa, o Colégio Mello e Souza, o Instituto de Educação Brasil-América.
Dirigiu também o Colégio Helvécio Xavier Lopes, no Rio de Janeiro.
Convidado por Antônio Houaiss, Saldanha colaborou na Enciclopédia Britânica, escrevendo verbetes ligados à educação.
Era, ainda, Inspetor Federal do Ministério da Educação e Cultura.
Foi Presidente do Sindicato dos Professores do Município do Rio de Janeiro de 1967 a 1969. Foi reeleito para novo mandato - de 1969 a 1972. Não chegou a ser empossado porque foi cassado. Preso em 1970, foi levado para o DOI-CODI/RJ e torturado. Os torturadores se preocuparam particularmente em dar choques elétricos sobre uma verruga que Saldanha possuía na cabeça. Após 42 dias foi libertado, juntamente com Cecília Coimbra, que também se encontrava presa e foi testemunha da tortura.
Segundo diagnóstico médico, isso contribuiu para desencadear um processo de metástase que acabou levando Saldanha à morte, em 8 de dezembro de 1974.
   
Documentos  

voltar
EREMIAS DELIZOICOV - Centro de documentação | DOSSIÊ - Mortos e Desaparecidos Políticos no Brasil
2002 - 2007 Todos os direitos Reservados