Lista de nomes
Pesquisa
  OK
Morto e desaparecido
Audiovisual
Bibliografia
Eventos
História
Legislação
Notícias
Francisco Manoel Chaves
Ficha Pessoal  
   
Dados Pessoais  
Nome: Francisco Manoel Chaves
   
Dados da Militância  
Organização:
(na qual militava)
Aliança Nacional Libertadora ANL
Brasil
Partido Comunista do Brasil PC do B
Brasil
Prisão: 0/0/1935
Angra dos Reis RJ Brasil
Presídio de Ilha Grande
Libertado no início da década de 40.
Morto ou Desaparecido:
Desaparecido
21/9/1972
PA Brasil
região do Araguaia
Clandestinidade
   
Dados da repressão  
Agente da repressão:
(envolvido na morte ou desaparecimento)
Lúcio Meira
   
Biografia  
   
Documentos  
Artigo de jornal
Dossiê revela detalhes da guerrilha. Noptícias (Publicação do Diretório Nacional do Partido dos Trabalhadores), São Paulo, n. 2, maio 1996, p. 3. Informa que Maria Lúcia foi a primeira guerrilheira a ser morta e foi a primeira a ser identificada pela equipe de legistas da UNICAMP. Indícios, como tipo de vestimenta e o material que foi encontrado junto à ossada da vítima, auxiliaram no processo de identificação. Um outro corpo foi encontrado junto às ossadas e, segundo Elza Monerat, sobrevivente da guerrilha, pode ser de Francisco Chaves, ex-marinheiro e integrante da guerrilha.

Ficha pessoal
Documento da Delegacia de Ordem Política e Social, sem data. Informa que Francisco foi expulso da Marinha, por participar de atividades comunistas.

Legislação
Lei 9.140/95. Diário Oficial, Brasília, n. 232, 5 dez. 1995. Reconhece como mortas pessoas desaparecidas em razão de participação, ou acusação de participação, em atividades políticas, entre 02/09/61 a 15/08/79, e que por este motivo tenham sido detidas por agentes públicos, achando-se, desde então, desaparecidas, sem que delas haja notícias. No Anexo I desta Lei foram publicados os nomes das pessoas que se enquadram na descrição acima. Ao todo são 136 nomes.

Legislação
Lei 9.497/97. Diário Oficial do Município, Campinas, 20 nov. 1997. Atribui nomes de mortos e desaparecidos políticos no período da ditadura militar a ruas dos bairros Vila Esperança, Residencial Cosmo e Residencial Cosmo I.


voltar
EREMIAS DELIZOICOV - Centro de documentação | DOSSIÊ - Mortos e Desaparecidos Políticos no Brasil
2002 - 2007 Todos os direitos Reservados