Lista de nomes
Pesquisa
  OK
Morto e desaparecido
Audiovisual
Bibliografia
Eventos
História
Legislação
Notícias
Manoel Aleixo da Silva
Ficha Pessoal  
   
Dados Pessoais  
Nome: Manoel Aleixo da Silva
Atividade: Camponês
   
Dados da Militância  
Organização:
(na qual militava)
Partido Comunista Revolucionário PCR
Brasil
Nome falso:
(Codinome)
Ventania
Morto ou Desaparecido:
Morto
29/8/1973
Ribeirão PE Brasil
Clandestinidade
   
Dados da repressão  
   
Biografia  
   
Documentos  
Artigo de jornal
Artigo sem título do arquivo do DOPS, publicado pelo Diário da Noite, em 08/12/73. Os órgãos de segurança informaram o desbaratamento do Partido Comunista Revolucionário (PCR), conhecido por agregar elementos de alta periculosidade em Recife. O Comitê do Partido localizava-se em Recife desde 1966 e atuava clandestinamente nas principais regiões do Nordeste, sendo necessários mais de 5 meses para a polícia localizar este "aparelho". Durante a operação o chefe da organização conseguiu fugir, queimando documentos, mas sendo preso mais tarde. Em Recife foram desbaratados ainda mais dois "aparelhos". Dos principais chefes da organização morreram três na capital de São Paulo e um no interior de Pernambuco. Os dois de São Paulo, Emanuel Bezerra e Manuel Lisboa de Moura, eram encarregados de formar uma frente única com elementos dissidentes da Ação Libertadora Nacional (ALN) e o chefe da organização morto no interior de Pernambuco, Manoel Aleixo da Silva, realizava trabalhos de aliciamento, agitação rural e guerrilha rural.

Foto
Foto do corpo, encontrada no Instituto de Polícia Técnica, PE.

Relatório
Relatório das circunstâncias da morte de Manoel Aleixo da Silva, elaborado pela Comissão dos Familiares dos Mortos e Desaparecidos Políticos.

Relatório
Documento da Comissão Especial - Lei 9.140/95, em 23/04/96. Relatora: Suzana Keniger Lisboa. Referente ao requerimento de Isabel Simplícia da Conceição, companheira de Manoel Aleixo da Silva, para o reconhecimento da morte e inclusão de seu nome nos termos da Lei 9.140/95. Traz as circunstâncias da morte de Manoel e o voto de Suzana favorável ao deferimento do pedido.

Ficha pessoal
Prontuário Civil do Instituto de Identificação de Pernambuco, com dados pessoais, foto 3x4 e impressões digitais. São duas fichas em nome de Manuel Aleixo dos Santos, no entanto as fotos e os dado pessoais e datas diferem de uma para a outra. Em uma ficha, de 06/03/79, sua mãe chama-se Clausina Maria da Conceição, ele é nascido a 03/09/23 em Amaraji/PE. Tem 1,67m de altura e sua pele é parda escura. É ferroviário e não alfabetizado. Já na segunda ficha, de 17/04/78, sua mãe se chama Severina Carlos da Conceição, ele é nascido a 19/04/47 em Surubim/PE. Tem 1,62m de altura e sua pele é branca. Trabalha como agricultor e é alfabetizado.

Parte de livro
Teles, Janaína (org.). Mortos e desaparecidos políticos: reparação ou impunidade? São Paulo: Humanitas - FFLCH/USP, 2000. p.172-176. Lista de nomes dos presos políticos cujas famílias receberam indenização do governo por este ter assumido a responsabilidade pela morte ou desaparecimento dos mesmos.


voltar
EREMIAS DELIZOICOV - Centro de documentação | DOSSIÊ - Mortos e Desaparecidos Políticos no Brasil
2002 - 2007 Todos os direitos Reservados