Lista de nomes
Pesquisa
  OK
Morto e desaparecido
Audiovisual
Bibliografia
Eventos
História
Legislação
Notícias
José Bartolomeu Rodrigues de Souza
Ficha Pessoal  
   
Dados Pessoais  
Nome: José Bartolomeu Rodrigues de Souza
Estado:
(onde nasceu)
PE
País:
(onde nasceu)
Brasil
Atividade: Estudante secundarista
   
Dados da Militância  
Organização:
(na qual militava)
Partido Comunista Brasileiro Revolucionário PCBR
Brasil
Nome falso:
(Codinome)
Tropi, Duda, Cantor, Teo
Morto ou Desaparecido:
Morto
29/12/1972
Rio de Janeiro RJ Brasil
R. Grajaú, 321
Segundo Relatório do Ministério da Aeronáutica, em decorrência de tiroteio com a polícia.
Clandestinidade
Morto
29/12/1972
Rio de Janeiro RJ Brasil
DOI-CODI/RJ
Segundo presos políticos.
Clandestinidade
   
Dados da repressão  
Orgãos de repressão
(envolvido na morte ou desaparecimento)
Departamento de Operações Internas - Centro de Operações de Defesa Interna/RJ DOI-CODI/RJ RJ Brasil
Médico legista:
(envolvido na morte ou desaparecimento)
Roberto Blanco dos Santos
   
Biografia  
   
Documentos  
Foto
Foto de rosto, pouco visível, em ficha intitulada "Terrorista Morto", informando codinomes e que pertencia ao Grupo de Fogo do Partido Comunista Brasileiro Revolucionário (PCBR).

Foto
Foto original e preto e branco dos corpos de José Silton e de José Bartolomeu no local de morte.

Relatório
Material intitulado "Dados gerais dos terroristas mortos", sem data e origem institucional, contendo dados gerais e de militância de Getúlio d'Oliveira Cabral, Fernando Augusto Fonseca, José Bartolomeu de Souza, José Silton Pinheiro, Valdir Sales Sabóia e Luciana Ribeiro da Silva. Todos, a exceção de Luciana, são citados como participantes do Grupo de Fogo do Partido Comunista Brasileiro Revolucionário (PCBR) e das seguintes operações: retorno do Chile dos militantes do PCBR banidos, bem como daqueles indicados para os "cursos de guerrilhas" em Cuba.

Relatório
Relatório das circunstâncias da morte de José Bartolomeu Rodrigues de Souza, elaborado pela Comissão dos Familiares dos Mortos e Desaparecidos Políticos, e enviado à Comissão Especial Lei 9.140/95.

Relatório
Relatório produzido pelo Comitê de Solidariedade aos Presos Políticos do Brasil em 02/73. Denuncia mortes de presos políticos aos Bispos do Brasil. Documento apreendido pelo DOPS em poder de Ronaldo Mouth Queiroz.

Legislação
Comissão Especial de Desaparecidos Políticos. Diário Oficial, Brasília, n. 45, 6 mar. 1996. p. 3711. Apresenta os nomes de pessoas reconhecidas pela Comissão Especial da Lei 9.140/95. Esta lei reconhece como mortas pessoas desaparecidas em razão de participação, ou acusação de participação, em atividades políticas, entre 02/09/61 a 15/08/79.

Parte de livro
Teles, Janaína (org.). Mortos e desaparecidos políticos: reparação ou impunidade? São Paulo: Humanitas - FFLCH/USP, 2000. p.172-176. Lista de nomes dos presos políticos cujas famílias receberam indenização do governo por este ter assumido a responsabilidade pela morte ou desaparecimento dos mesmos.


voltar
EREMIAS DELIZOICOV - Centro de documentação | DOSSIÊ - Mortos e Desaparecidos Políticos no Brasil
2002 - 2007 Todos os direitos Reservados