Lista de nomes
Pesquisa
  OK
Morto e desaparecido
Audiovisual
Bibliografia
Eventos
História
Legislação
Notícias
Fernando Augusto Valente da Fonseca
Ficha Pessoal  
   
Dados Pessoais  
Nome: Fernando Augusto Valente da Fonseca
Cidade:
(onde nasceu)
Rio de Janeiro
Estado:
(onde nasceu)
RJ
País:
(onde nasceu)
Brasil
Data:
(de nascimento)
13/1/1947
Atividade: Bancário
UniversidadeUniversidade Federal do Rio de Janeiro UFRJ
   
Dados da Militância  
Organização:
(na qual militava)
Corrente Revolucionária de Minas Gerais CORRENTE
Brasil
Partido Comunista Brasileiro Revolucionário PCBR
Brasil
Nome falso:
(Codinome)
Gil, João, Cláudio, Comprido, Sandália, Sandalinha, João Macabeu
Prisão: 0/12/1972
Recife PE Brasil
Morto ou Desaparecido:
Morto
29/12/1972
Rio de Janeiro RJ Brasil
R. Grajaú, 321
Clandestinidade
   
Dados da repressão  
Orgãos de repressão
(envolvido na morte ou desaparecimento)
Departamento de Operações Internas - Centro de Operações de Defesa Interna/RJ DOI-CODI/RJ RJ Brasil
Médico legista:
(envolvido na morte ou desaparecimento)
Hélder Machado Paupério, Roberto Blanco dos Santos
   
Biografia  
   
Documentos  
Foto
Foto do rosto, pouco legível, intitulada "Terrorista Morto" e apresentando nome e codinomes de Fernando.

Foto
Foto original e em preto e branco do corpo, encontrada no Instituto de Criminalística Carlos Éboli, RJ.

Relatório
Material intitulado "Dados gerais dos terroristas mortos", sem data e origem institucional, contendo dados gerais e de militância de Getúlio d'Oliveira Cabral, Fernando Augusto Fonseca, José Bartolomeu de Souza, José Silton Pinheiro, Valdir Sales Sabóia e Luciana Ribeiro da Silva. Todos, a exceção de Luciana, são citados como participantes do Grupo de Fogo do Partido Comunista Brasileiro Revolucionário (PCBR) e das seguintes operações: retorno do Chile dos militantes do PCBR banidos, bem como daqueles indicados para os "cursos de guerrilhas" em Cuba.

Relatório
Parte de documento produzido por organismo internacional, encontrado no arquivo do DOPS/SP, com nomes de pessoas mortas ou desaparecidas pela ditadura militar brasileira, seguidos de texto em inglês indicando alguns dados da morte e fonte da informação, a maioria da Anistia Internacional. São citados, entre outros: Fernando Borges de Paula Ferreira, Fernando Augusto da Fonseca, Gastone L. Beltrão, Gelson Reicher, Gerson Teodoro de Oliveira, Getúlio de Oliveira Cabral, Grenaldo de Jesus Silva, Hamilton Fernando Cunha, Hélcio Pereira Fortes, Heleny Ferreira Teles Guariba, Hiroaki Torigoi, Ísis Dias de Oliveira del Royo e Ismael da Silva de Jesus.

Relatório
Relatório produzido pelo Comitê de Solidariedade aos Presos Políticos do Brasil em 02/73. Denuncia mortes de presos políticos aos Bispos do Brasil. Documento apreendido pelo DOPS em poder de Ronaldo Mouth Queiroz.

Ficha pessoal
Documento da Delegacia de Ordem Política e Social, de 11/09/73, com a inscrição manuscrita "Falecido". Informa que segundo o jornal Folha de S. Paulo de 06/09/73, Fernando foi absolvido da acusação de participação no assalto a banco do Rio de Janeiro, onde foi morto um sargento da PM; os boletins do Ministério do Exército de 1975 e 1976, registram, respectivamente, que Fernando foi condenado à pena de 10 anos de prisão e que é falecido; e ainda, o Jornal do Brasil, publicado no Rio de Janeiro, de 29/03/78, informa que Fernando Augusto Valente Fonseca, morreu sob tortura, em 29/12/72.

Legislação
Comissão Especial de Desaparecidos Políticos. Diário Oficial, Brasília, n. 45, 6 mar. 1996. p. 3711. Apresenta os nomes de pessoas reconhecidas pela Comissão Especial da Lei 9.140/95. Esta lei reconhece como mortas pessoas desaparecidas em razão de participação, ou acusação de participação, em atividades políticas, entre 02/09/61 a 15/08/79.

Parte de livro
Teles, Janaína (org.). Mortos e desaparecidos políticos: reparação ou impunidade? São Paulo: Humanitas - FFLCH/USP, 2000. p.172-176. Lista de nomes dos presos políticos cujas famílias receberam indenização do governo por este ter assumido a responsabilidade pela morte ou desaparecimento dos mesmos.


voltar
EREMIAS DELIZOICOV - Centro de documentação | DOSSIÊ - Mortos e Desaparecidos Políticos no Brasil
2002 - 2007 Todos os direitos Reservados