Pesquisa
  OK
Morto e desaparecido
Audiovisual
Bibliografia
Eventos
História
Legislação
Notícias
Chile | 27/05/2008 | Reuters

Operação prende dezenas por crimes do regime Pinochet
Quase uma centena de ex-militares chilenos e antigos membros da Dina, o temido serviço secreto da ditadura de Augusto Pinochet (1973-1990), foram presos ontem, na maior operação de prisões pelos abusos do período, informam fontes judiciais. Alguns dos detidos são suspeitos de participação do seqüestro e da morte de 42 pessoas na "Operação Colombo", que matou 119 oposicionistas em meados da década de 70. Entre os acusados está o ex-diretor da Dina Manuel Contreras, que se encontra atualmente preso por outros abusos. A decisão da Justiça foi recebida com otimismo pelo diretor executivo da Anistia Internacional no Chile, Sergio Laurenti. Até o momento, pouco mais de 20 agentes de segurança foram condenados pelas estimadas 3.000 mortes e pelos 28 mil casos de tortura da ditadura. Pinochet morreu em 2006, aos 91 anos, sem ir a julgamento. A Justiça considerou que suas condições de saúde eram precárias demais para enfrentar os tribunais.


voltar
EREMIAS DELIZOICOV - Centro de documentação | DOSSIÊ - Mortos e Desaparecidos Políticos no Brasil
2002 - 2007 Todos os direitos Reservados